domingo, 4 de julho de 2010

Maré...Amar é!


O Mar tem uma imensidão
que nos faz pensar
tanto por descobrir
tantas coisas pra pensar

Somos como as ondas
que vem com o vento
e trazem musica
com seu marulhar
conhecem a orla da praia
e voltam pra imensidão do Mar

Eu ouço o som que vem das ondas
em ondas vou por esse mar
aprendendo vou no vai e vem da vida
a imensidão do verbo Amar

Em frente ao mar imenso
e tom azul tão profundo
descubro tantas afinidades
e todas elas com meu mundo

No vai e vem das ondas
e na vida como ela é
vamos aprendendo com o tempo
a nadar numa serena maré

Essa ânsia de descobrir,conhecer ,encontrar
foram chegando em ondas
assim é o mar da vida
Mar um dia destino
e pra saber encontrar suas margens
deixe pra traz os desatinos

Aprendi a navegar
já velejei em ondas revoltas
e verdes, azuis e cor da prata
redescobri o Mundo
e raios de Sol
e ondas do Mar
e a imensidão do verbo amar

A imensidão do mar
é como o amor
e quando encontramos suas margens
nos faz parar e pensar
em sua serena maré.


2 comentários:

  1. Seja como as ondas do mar
    que mesmo quebrando contra os obstáculos
    encontram forças pra recomeçar...

    ResponderExcluir
  2. as vezes é mais fácil nos falarmos o que não pensamos do que realmente achamos...certamente,se eu te amo hoje é pque me mostrasse muitas coisas boas que deixei de falar por orgulho e até mesmo burrice...vc é muito importante na minha vida.bjus
    gostei dessa poesia!!!!

    ResponderExcluir